Algumas notas do “à Conversa com Vizinhos” de 18.01.2020

Temas abordados:
1. Vaga de assaltos e vandalismos na freguesia
2. Bicicletas sobre os passeios e riscos decorrentes para os peões
3. Entrega da viatura para a PSP por parte da Junta de Freguesia do Areeiro
4. Estado (mau) geral dos passeios na freguesia
5. Os jardins da freguesia começam a ficar inseguros: fechar os jardins de noite pode ser uma opção ou a instalação, nestes locais, de câmaras de videovigilância
6. Há cada vez mais Sem Abrigo na Freguesia assim mendicidade com – aparente – destino para consumo de droga
7. Guardas Nocturnos poderiam ser uma solução para o problema da insegurança no Areeiro
8. Apesar de todas as (más) notícias viver no Areeiro continua a ser seguro
9. Os sacos de lixo na rua continuam a ser um problema no Areeiro
10. Sugestão de semáforos com temporizadores no Areeiro como já sucede, p.ex, no Parque das Nações
11. Os Cabos Selvagens de comunicações em prédios dão fealdade à freguesia

Informações partilhadas:
1. Foi detido um dos autores (talvez o mais prolífico) de alguns dos crimes. Mas eles continuaram nos dias em que esteve detido (já deve estar livre) e noutras tipologias. O problema – apesar do reforço de policiamento – não está assim “resolvido”.
2. A construção de ciclovias dedicadas ou partilhadas nos próximos meses no Areeiro deverá diminuir a incidência deste fenómeno. De qualquer forma, e no entretanto, há que chamar a atenção dos ciclistas que têm comportamentos de risco dentro dos limites da civilidade e da tolerância. Importa também qualificar os passeios por forma a evitar que peões circulem em ciclovia.
3. A segurança e mobilidade pedonais são uma das prioridades dos Vizinhos tendo já sido lançadas várias iniciativas nesta área que terão seguimento
4. Há garantias por parte da PSP de que os meios da PSP Areeiro serão reforçados e a viatura aceite. Vamos seguir estes pontos com particular atenção assim como a sugestão de doação de equipamento à PSP por parte da Junta de Freguesia.
5. O surto de criminalidade parece ligado ao aumento do tráfico de droga no Bairro Portugal Novo desde março de 2018. A solução deste foco e problema habitacional e de qualidade de vida (para os moradores cumpridores) está na agenda da CML e na lista de intervenções do Governo. Há que seguir o tema e manter a pressão.
6. A Junta comprometeu-se a pagar a um Guarda Nocturno para vigiar a freguesia. Este compromisso, contudo, ainda não se materializou. O foco é, e deve ser, contudo, no reforço dos meios humanos e equipamentos da PSP.
7. A revisão da Carta Educativa decorre ainda… Em tese está terminada dentro do próximo ano, ano e meio.
8. O betuminoso e a ciclovia da Manuel da Maia devem estar terminados este fim-de-semana
9. A passadeira entre a Av México e a Pç de Londres será intervencionada para receber um semáforo para peões
10. A paragem de autocarro no começo da Av de Roma vai mudar para a Pç de Londres por forma ganhar aqui lugares de estacionamento
11. A obra na Pç de Londres deve terminar em finais de Fevereiro
12. Em 2017 já abordámos a CML sobre a questão dos cabos de comunicação. Houve então o compromisso de resolver o problema em 2018. Tal não aconteceu. Évora e Golegã resolveram o problema (o que prova que existem soluções: como as calhas que se vêm na Manuel da Maia, Cp Pequeno e Cervantes, p.ex.). Entretanto reportar à CML para que esta pressione os condomínios a pressionarem, por sua vez, os operadores, é uma abordagem possível (em média apenas 1 em 4 cabos está a ser usado)
13. Estamos na época da Lagarta do pinheiro: é muito venenosa e estamos na época dela: Cuidado com cães e crianças no Logradouro da Cervantes e no tabuleiro da Fonte Monumental da Alameda.
14. Iremos repetir – nos próximos meses – este “à Conversa com Vizinhos”
15.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *