Cabos aéreos de comunicações “provisórios” na Rua Sarmento Beires (Areeiro)

Cabos Selvagens Perguntas à CML Por Resolver

Screen Shot 09-04-17 at 01.25 PM

Ao longo de aproximadamente 200 metros da Rua Sarmento de Beires, nomeadamente à frente dos números 48 e 50, encontram-se cabos aéreos de comunicações suportados por postes de madeira que não respeitam o princípio de salvaguarda da imagem urbana. Os cabos deveriam ser provisórios mas mantêm-se visíveis e ativos. Estão a ser realizadas obras de construção de um parque de estacionamento da EMEL no local onde se encontra parte do troço desses cabos mas não foi realizada qualquer intervenção no sentido de ocultar/enterrar os ditos cabos. Existem troços desta rua onde não se vislumbra qualquer cabo (deverão ter sido enterrados) pelo que não se percebe o motivo pelo qual a frente do 50.
Esta situação é ainda mais incompreensível quando em 2014 a Câmara de Lisboa traçou o objectivo de remover ou enterrar todos os cabos de comunicações até meados de 2017. Para quando uma intervenção nesse sentido para esta zona da Rua Sarmento de Beires?
 
Subscrevem:

Rui Martins
António Coelho
José Vieira Mesquita
Rui Pedro Barbosa
Cláudia Casquilho
Francisco Alexandre Ferreira
Clara Ribeiro
Mira de Lacerda
Isabel Tomas Rodrigo
Eugénia Lopes
Luis Seguro
Elvina Maria Reis Rosa
Cristina Azambuja
Teresa Raposo
Luísa Castro Correia
Jacinto Manuel Apostolo
Maria Teresa Rodrigues
Belicha Geraldes
Leonilde Ferreira Viegas
Maria João Morgado
Jorge Santos Silva
Lurdes Farrusco
Rui Dias
Mafalda Toscano Rico
Ana Assunção
Cristina BraulaReis Penha Coutinho
Rita Martins
Zélia Brito
Tomás Agricultor
Joana Duarte
Maria Luísa Ferreira
Rogério Martins
Anette Paulette
Eduardo Pessoa Santos
Manuela Cabeçadas
Ilda Cruz
Cristina Milagre
Pedro Barata

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *