“Moradores e juntas de freguesia vão passar a fiscalizar limpeza de graffiti em Lisboa” [O Corvo]

“Os munícipes, as associações de moradores e as juntas de freguesia da capital deverão passar a fazer parte do dispositivo de vigilância dos tags e graffiti ilegais, ajudando as empresas contratadas pela Câmara Municipal de Lisboa (CML) a fazerem o trabalho de limpeza e de fiscalização da mesma. A ideia é que, por serem melhores conhecedores do território, tanto […]

Continue Reading

Como são (e se são) fiscalizadas as faltas de recolha de “dejectos caninos” por cidadãos?

Os subscritores questionam a CML sobre as métricas de contraordenações (e respectiva distribuição geográfica e temporal, por freguesia) aplicadas a casos de “dejectos caninos” e, destas, quantas foram efectivamente cobradas. Questionamos igualmente se o esforço financeiro das autarquias (CML e Juntas) para garantir esta limpeza (p.ex. Motocães) está avaliado e se tem havido um esforço […]

Continue Reading

Protesto pelo uso de tags (pichagens) para promover evento “Rock in Riot”

Os subscritores desta mensagem protestam à organização do Rock in Riot pela utilização de “tags” ou “pichagem” de paredes e muros para promoverem o evento. Este evento vai deixar no mármore das estações do Metro da Alameda, nos muros da Alameda Afonso Henriques e nas passadeiras da Almirante Reis (entre outros locais?) durante ANOS a publicidade a […]

Continue Reading

Levantamento de tags (“Lixo Gráfico”) na Freguesia do Areeiro [respondido]

Durante 2 semanas percorremos a grande maioria da freguesia do Areeiro (e todos os seus bairros) registando e reportando à CML todos os prédios com “tags”. No total, foram identificados 292 edifícios nessas condições o que se traduz num total de aproximadamente 1200 “tags” produzidos por, aparentemente, cerca de 500 indivíduos (!). Ao contrário do […]

Continue Reading

“Consumo de álcool na rua e ajuntamentos estão a irritar vizinhança no Arco do Cego” [O Corvo]

“Atraídos pelo preço baixo da cerveja da casa de pasto “Oh Pereira”, os aglomerados de jovens são cada vez maiores, na Rua do Arco do Cego e no jardim contíguo à sede da Caixa Geral de Depósitos. Há gente a beber na rua de copo na mão, mas também de garrafas de litro em punho, […]

Continue Reading

Lixo (garrafas e copos de plástico) no Jardim dos Cavaleiros (CGD: Bairro do Arco do Cego): Desenvolvimentos

Alguns comentários e correcções ao Artigo “Consumo de álcool na rua e ajuntamentos estão a irritar vizinhança no Arco do Cego” de Samuel Alemão, no “O Corvo” http://ocorvo.pt/consumo-de-alcool-na-rua-e-ajuntamentos-estao-a-irritar-vizinhanca-no-arco-do-cego/ 1. É de saudar a reportagem que vem chamar a atenção para um problema que, devido à insalubridade e ruído que provoca quase todos os dias nos […]

Continue Reading

Abaixo-assinado de moradores sobre “Jardim dos Cavaleiros” (Anfiteatro Exterior da sede da CGD) [Em Resolução]

A entregar a: Assembleia Municipal de Lisboa Polícia Municipal de Lisboa Oh Pereira e Bomba da Galp IST e Filipa de Lencastre (Conselhos Directivos) Administração da CGD Os abaixo-assinados pedem: aos estabelecimentos “Oh Pereira” e “Bomba da Galp” da Rua do Arco do Cego que: mantenham no seu exterior, durante o horário de funcionamento, contentores […]

Continue Reading

Comunidade nómada na zona entre a Rua Manuel Gouveia e a Margarida de Abreu (por detrás da Gago Coutinho) – Areeiro

Os subscritores pedem a intervenção da CML, RSB e da Junta de Freguesia na zona entre a Rua Manuel Gouveia e a Margarida de Abreu (por detrás da Gago Coutinho). Esta zona, onde deveria ser construído um parque de estacionamento (cujas obras, entretanto, pararam), é local de permanência de um grupo de migrantes dos Balcãs. […]

Continue Reading

Apelo à intervenção da CML, PSP e Polícia Municipal no Jardim da CGD (Rua do Arco do Cego) – Oh Pereira e Bomba Galp [Actualização]

Multiplicam-se os fenómenos de baixo civismo na Rua do Arco do Cego, perto do Jardim da CGD: Todas as noites e, especialmente ao fim-de-semana, centenas de clientes da “Casa de Pasto” Oh Pereira” e da Bomba da Galp deixam copos de plástico, garrafas de cerveja e latas de alumínio às centenas nos espaços verdes em […]

Continue Reading

Sugestão para Rua do Arco do Cego (Areeiro) – novas papeleiras e criação de novo tipo de contentor de reciclagem para plásticos [Respondido]

Os subscritores sugerem à Câmara Municipal de Lisboa que instale na zona da Rua do Arco do Cego um novo ecoponto enterrado e, simultaneamente, uma das novas papeleiras de grande capacidade no Jardim da sede da CGD (frente à Casa de Pasto Oh Pereira). Sugerimos igualmente que a CML conceba e instale um novo tipo […]

Continue Reading