“Cartazes pré-modernos num mundo pós-moderno” [Jornal Público]

OPINIÃO Há alternativas à colonização do espaço público pelos cartazes partidários. Num mundo novo, de redes sociais, devemos exigir mais e melhor aos partidos na forma como tentam fazer passar a sua mensagem.24 de Setembro de 2019, 2:45Partilhar notícia Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Partilhar no LinkedIn Partilhar no Pinterest Enviar por email Em…

“WC para arrumadores de carros no Areeiro” [Expresso do Oriente]

“A Junta de Freguesia do Areeiro instalou uma casa-de-banho móvel, de acesso público e gratuito, destinada a arrumadores de automóveis. A informação surgiu na página de Facebook da autarquia local no dia 2 de Agosto, sexta-feira, pelas 17h30, e 72 horas depois tinha sido comentada 92 vezes e contava 13 partilhas. Nas opções de reacção…

“Caravelas vão voltar às torres do areeiro” [Sol]

Desapareceram no topo das torres da praça que tem hoje o nome de Sá Carneiro ainda nos idos anos 70 do século passado. E nunca mais ninguém soube do seu paradeiro. Passados 50 anos, as naus vão voltar a pontificar nos telhados das torres do Areeiro, como na sua origem.  Beatriz Dias Coelho Quem passe…

“Associação Vizinhos de Lisboa lança petição contra “ruído festivo” na Alameda Afonso Henriques” [Revista de Imprensa]

A Associação Vizinhos de Lisboa enviou à Mesa da Assembleia Municipal, esta quarta-feira, uma petição contra o “ruído festivo recorrente na Alameda Afonso Henriques”. Em comunicado enviado ao PÚBLICO, a associação argumenta que o espaço tem sido usado para “realizar, por vezes numa base semanal, eventos que produzem ruído” tanto em horário diurno como em…

“Vizinhos do Areeiro questionam sobre ruído” [Revista de Imprensa]

“O Movimento Cívico “Vizinhos do Areeiro” enviou uma petição à Assembleia Municipal de Lisboa onde questiona o ruído das festas na Alameda. Já não é a primeira vez que este movimento de moradores da Freguesia do Areeiro levanta a questão do ruído no espaço público e dificilmente será a última, tendo em conta o fenómeno…