Perguntas de Vizinhos e respostas da CML sobre a intervenção na Av. de Paris

Circulação Rodoviária Perguntas à CML Respondido

Quando começou a intervenção na Av de Paris (uma intervenção da CML após consultas e com a participação da Junta de Freguesia do Areeiro) reunimos algumas questões e preocupações de moradores. Estas foram as respostas da CML:

1. Redução de estacionamentos:
“Não está prevista a supressão de lugares de estacionamento.”

2. O folheto mostra duas ciclovias mas o texto fala de uma em contra-fluxo.
“A intervenção visa melhorar a segurança rodoviário nesta avenida, criando condições que promovam a acalmia e a partilha do espaço rodoviário com velocidade máxima de circulação de 30 km/h. Como a rua tem apenas um sentido, será criado um percurso em contra fluxo balizado para velocípedes.
A alteração do sentido de circulação automóvel no troço entre a Praça de Londres e a Rua Presidente Wilson visa privilegiar a circulação local e a qualidade do espaço público para moradores e comércio local, eliminando o tráfego de atravessamento entre a Praça de Londres e a Avenida Almirante Reis. Esta alteração resulta num aumento da segurança rodoviária, na diminuição dos níveis de ruído e no aumento do conforto e qualidade de vida no bairro, para todos os utilizadores em especial os mais vulneráveis.”

3. Podem partilhar o plano da obra?
“A informação está disponível no site da CML em: http://www.cm-lisboa.pt/viver/mobilidade/noticias/detalhe-da-noticia/article/intervencao-na-av-de-paris-aumento-da-seguranca-rodoviaria. Pode ser ainda consultado o plano para a freguesia do Areeiro em http://www.cm-lisboa.pt/no_cache/noticias/detalhe/article/rede-ciclavel-avanca-na-freguesia-do-areeiro”

4. Os passeios ficam com a largura atual?
“Não está prevista a alteração da largura dos passeios, no entanto as condições de acessibilidade pedonal nas passadeiras será melhorada.”

5. Durante as obras haverá circulação automóvel?
“Poderá existir a necessidade de efetuar cortes temporários da circulação automóvel, que serão geridos no local, no entanto serão sempre pontuais em função dos trabalhos e de curta duração.”

6. Como será acautelada a tomada e largada de passageiros e 112?
“Estão previstas bolsas para tomada e largada de passageiros e cargas e descargas na Avenida. Todas as questões de segurança estão acauteladas.” 

7. Junta foi consultada?
“Sim, A Junta de Freguesia do Areeiro foi envolvida no processo. Esta informação consta no site da JFA  http://www.jf-areeiro.pt/pt/informacao-intervencao-na-av-de-paris 

8. A Estação GIRA vai manter-se no local? (sacrifica também alguns lugares).
“Não está prevista a alteração da estação GIRA.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *