Av Padre Manuel da Nóbrega e Obras do Metro do Areeiro [Divulgação CML] [Actualizado]

 

 

Informações recebidas da CML em resposta a nossos pedidos:

 

Av. Padre Manuel da Nóbrega

A repavimentação do troço em mau estado da Av. Padre Manuel da Nóbrega, tem inicio previsto para dia 6 de Novembro, e duração estimada de 5 dias úteis.
Considerando o enorme movimento de autocarros durante o dia, naquele troço, o Plano de Sinalização Temporário contempla 4 fases, de forma a garantir a circulação de viaturas particulares e de transportes públicos, evitando também a execução destes trabalhos em período nocturno, que poderia implicar queixas dos moradores, uma vez que os equipamentos produzem algum ruído.
Retoma das obras do Metro do Areeiro
Tem inicio previsto para dia inicio de Dezembro e duração estimada de 8 meses.Numa 1ª fase, os trabalhos do metro vão decorrer maioritariamente no subsolo e na construção de um elevador, obrigando a condicionamento da rotunda, do lado norte.
Numa 2ª fase, com inicio previsto para Maio de 2018 e duração prevista de 4 meses, começam os trabalhos de arranjos exteriores, estando o projeto de espaço píblico, que é da Câmara Municipal, em fase de acabamento.
A CML confirma que a limpeza das escadas é da responsabilidade do Metro, que informou que a efetua com alguma regularidade. A Câmara procurou sensibilizar  o Metro para a necessidade de reforçar estas intervenções.
Soubemos também que os cais só voltarão a abrir em Agosto de 2018 e que o espaço verde pintado (pela Junta de Freguesia) está dentro da área do projeto, pelo que será seguramente requalificado.Actualização de 06.11.2017
Confirmando Informação anterior e os SMS que alguns moradores estão a receber (via EMEL) tenho o prazer de comunicar que, finalmente, vão começar as obras de requalificação do betuminoso na Avenida Padre Manuel da Nóbrega que pedimos em 2016.
As obras devem começar a 7 e durar até 15 Novembro período em que a avenida estará fechada ao trânsito para alcatroar por completo.Actualização de 08.11.2017
Quanto à pergunta do Jorge Oliveira sobre as obras na Padre Manuel da Nóbrega:
https://www.facebook.com/groups/Vizinhos.do.Areeiro/permalink/1844092685903530/
Respondeu a CML que essa zona “não será intervencionada por se encontrar em estado razoável/bom”
Contudo será “incluído o parque por trás do terminal de autocarros”Actualização de 13.11.2017
“A passadeira vai ser intervencionada no âmbito da 2ª fase da obra da Praça do Areeiro, da responsabilidade do METRO, que se iniciará previsivelmente a partir do dia 1 de dezembro.
Corrigimos apenas os buracos para evitar acidentes no atravessamento.” (CML)Actualização de 13.11.2017
“Vimos por este meio informar que a obra de repavimentação da Av. Padre Manuel da Nóbrega ficou concluída, com a pintura das marcas rodoviárias, hoje, dia 14 de novembro.
Mais informamos que está em curso, nos serviços da DMMT, uma avaliação do tráfego desta via, para equacionar a implementação das necessárias medidas de acalmia de tráfego”Actualização de 12.06.2018

 

Resposta do Metro ao pedido de limpeza dos cais da Praça Francisco Sá Carneiro de 23 Julho de 2018:
“Recebemos a sua exposição apresentada por mail em 2018.07.20. Em resposta cumpre-nos informar o seguinte:
É objetivo desta empresa a prossecução de padrões elevados de qualidade do serviço prestados aos seus clientes. Sendo a limpeza um dos seus indicadores fundamentais, merece uma atenção particular.
No Metropolitano de Lisboa a limpeza de estações e material circulante é efetuada regularmente, a dois níveis:
– uma limpeza profunda em todas as suas estações e comboios fora do período de exploração, concretamente entre as 01h30 e as 06h00, com recurso a pessoal especializado e equipamento específico;
– durante o período de exploração, mais concretamente entre as 08h00 e as 20h00, funcionam piquetes por cada conjunto de 3 estações, tendo por missão a recolha do lixo dos caixotes ou aquele deixado no chão, ocorrendo ainda a situações pontuais que se possam verificar na sua área de intervenção.
A anomalia específica que nos reporta na sua exposição, relativamente ao acumular de lixo nas escadas de acesso ao cais do átrio que se encontra temporariamente encerrado pelo motivo de obras, informamos o assunto foi encaminhado para os serviços competentes da gestão da Linha Verde no sentido de se proceder ao reforço da limpeza.

Por todo o incómodo causado, resta-nos apresentar o devido pedido de desculpas e reafirmar o empenho em resolver a referidas anomalias com a máxima brevidade.”

Resposta do Metro de 27 de Março de 2019:

Proc 107431
O Metropolitano de Lisboa tem em curso o Plano de Desenvolvimento Operacional da Rede que prevê dotar as estações mais antigas de instalações e equipamentos de modo a possibilitar a sua utilização por parte das pessoas com necessidades especiais, seja por condições físicas, de idade ou pela mobilidade se encontrar reduzida.
No âmbito deste plano, encontra-se previsto um novo procedimento de contratação pública para o mês de Março de 2019 no sentido de dar continuidade aos trabalhos necessários à reabilitação da estação Areeiro, nomeadamente a colocação de dois elevadores entre os cais e o átrio e um outro elevador de acesso à superfície.
Com este plano, o Metropolitano de Lisboa tem como objetivo a modernização de equipamentos, sistemas e instalações, bem como a melhoria das acessibilidades, procurando a melhoria constante do serviço prestado.”

Reunião Pública Descentralizada da Câmara Municipal de Lisboa – 03/04/2019

“a violência a que se obrigam os moradores a subirem e a descerem 61 degraus na estação do Areeiro (…) aliás, a insólita decisão de não tinstalar escadas rolantes e elevadores (…) foi-nos dito que as acessibilidades seriam entretanto construídas (…) a estação continua fechada e transformada em depósito de lixo ao ar livro (…) muitos utentes do metro das Olaias queixam-se que falha constantemente a sua manutenção”
Moradora Aurora Correia

“As obras do metro são competência do Metro mas a CML acompanha, em proximidade estas obras” (…) o Metro da Olaias – falei esta semana com o Sr. Presidente do Metro – havia um problema de infiltrações que provocava a paragem das escadas rolantes. As obras do Metro do Areeiro estão paradas à tempo demais. O Metro está a relançar os procedimentos que as obras vão ter início este ano. (…) esperamos que seja, realmente, desta vez. Tentamos facilitar ao Metro que os processos sejam ágeis do lado da CML. Estamos a acompanhar a situação com o Metropolitano”

Vereador Miguel Gaspar

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *