Comunidade nómada na zona entre a Rua Manuel Gouveia e a Margarida de Abreu (por detrás da Gago Coutinho) – Areeiro

Espaço Público Limpeza Urbana e Civismo Público Perguntas à CML Perguntas à JFA Por Resolver Segurança

Screen Shot 10-27-17 at 11.46 AM

Os subscritores pedem a intervenção da CML, RSB e da Junta de Freguesia na zona entre a Rua Manuel Gouveia e a Margarida de Abreu (por detrás da Gago Coutinho). Esta zona, onde deveria ser construído um parque de estacionamento (cujas obras, entretanto, pararam), é local de permanência de um grupo de migrantes dos Balcãs.
No concreto, os moradores pedem que se:
1. limpe o local dos numerosos detritos entre a mata e os passeios públicos
2. removam os contentores com rodas que (únicos na freguesia) que aqui estão e que servem de ponto de “abastecimento” a esta comunidade
3. instalem novos candeeiros na Rua Manuel Gouveia
4. garanta que os candeeiros da Margarida Abreu estão sempre ligados (há dias em que não estão)
5. remova todo o matagal e ervas altas que existem neste local dando apoio a esta colónia e cobertura a inúmeras concentrações de detritos e dejectos humanos.
6. removam os tags nas paredes destes arruamentos.
7. resolva o facto de todos os dias se fazerem aqui fogueiras com risco de propagação aos matos, propriedades e veículos estacionados aqui perto.
8. verifique uma intervenção de técnicos de serviço social da CML e da JFA junto da comunidade referida
9. seja instalado nesta zona um abrigo para animais (gatídeos) que está aprovado pela CML há mais de um ano

Subscrevem 52 moradores
https://www.facebook.com/groups/Vizinhos.do.Areeiro/permalink/1838075116505287/

Actualização
“Registamos um aumento do nº de Sem Abrigo nas ruas, aqui, no Areeiro. Há uma duplicação e, por vezes, uma triplicação. Algo se está a passar. Dizem-me que poderá ter sido o facto de terem sido expulsos da Gare do Oriente. Será isso? Será também uma consequência do aumento dos preços das rendas? Queremos saber o que pensa a CML deste assunto e se é verdade se está a acontecer alguma coisa no número de Sem Abrigo na cidade”

“Os nómadas da rua Margarida de Abreu: junto ao parque de estacionamento que será construído perto da Gago Coutinho vive um grupo nómada que faz ali fogueiras junto às casas e no meio do descampado, a CML e a Junta fazem o que podem em limpeza mas  há ali um problema (…) há algum plano para lidar com esta situação?”

Vizinho do Areeiro Rui Martins

“Há uma grande mobilidade desta população nómada dentro da cidade. E alguns dos fenómenos relacionam-se com deslocações do Parque das Nações (…) está relativamente estabilizado nos úlitmos meses: de maio para janeiro 2018 temos cerca de 250 pessoas. Houve uma redução nos últimos dois anos mas é um número que nos continua a preocupar bastante. Temos um plano municipal para responder às pessoas de situação sem abrigo e que tem uma resposa de curto prazo, de emergência ao nível dos centros de acolhimento. Primeiro ao nível de equipas de rua que são de várias organizações e da própria CML que tem uma destas equipas (…) temos que intervir para mejprar as condições e capacidade dos centros de acolhimento (…) temos um programa que é o “Casas Primeiro” que está a trabalhar já com 80 casas e vamos acrescentar mais 50 nos próximos 2 meses” (…) “depois temos de partir para as outras questões, de saúde mental, de dependências, de emprego. O núcleo de apoio a pessoas Sem Abrigo da CML tem referenciadas os locais que referiu, sobretudo, na zona da Bomba da BP. Na noite de ontem estiveram no local e identificaram 4 cidadãos romenos.” 1:07:50

Vereador Ricardo Robles

Reunião Descentralizada da CML de 07.03.2018

https://www.youtube.com/watch?v=5sr7cjhNHZM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *